Carta Aberta do Movimento Vem Pra Rua em Repúdio às Reações do Governo Federal Frente as Manifestações de 15 de Março de 2015.

ELES NÃO ENTENDERAM NADA

O Movimento Vem Pra Rua vem a público repudiar as tentativas insistentes e já conhecidas do Governo Federal de distorcer as manifestações históricas ocorridas em todo o país no domingo, 15 de março de 2015.
Neste dia a população falou em alto e bom tom. Todos puderam assistir e participar de uma manifestação democrática, patriota, pluralista, apartidária – e ordeira. Cidadãos de todas as classes, orientações, profissões, etnias e idades se fizeram presentes, em uma só voz, que clama pelo fim do pesadelo em que se configurou a gestão do Governo Federal, seja pela absoluta falta de competência na administração, pelos descalabros associados à corrupção ou pela confusão que se faz na cabeça de muitos membros do Governo entre o que é interesse do Brasil e o que é interesse partidário. Já são 12 anos. Basta!
Em especial, sentimos a profunda irritação e indignação de todos os que estiveram nas ruas no domingo (e de muitos mais, que certamente estarão presentes nas próximas manifestações), quando percebem:
1 – A insistência em querer desqualificar os movimentos de 15 de março, o que, em essência, desrespeita a população que se manifestou:
• As mais de 2,2 milhões de pessoas que se manifestaram por todo o Brasil são fascistas? São elite branca?
• Quantitativamente, como podemos admitir que os protestos do dia 13 de março sejam equiparados aos de 15 de março?
• Qualitativamente, por que na opinião do governo protestar a favor caracteriza democracia e protestar contra caracteriza golpismo?
• O que é mais importante? A vontade de um povo ou as diretrizes de um partido político?
• A resposta do Governo à população brasileira que foi às ruas no domingo foi mal orquestrada e estabanada, foi ofensiva e, possivelmente, mal intencionada, na medida em que visa ocultar e minimizar a verdadeira mensagem de milhoes de pessoas.
2 – A absoluta incapacidade deste Governo de admitir seus erros e fazer autocrítica:
• Quem está há 12 anos no poder?
• Quem indicou aqueles que são acusados de corrupção?
• Quem presidia o Conselho de Administração da Petrobras quando parte importante da corrupção que está sendo investigada foi praticada?
• Para quais partidos políticos foram desviados os recursos, de acordo com estas acusações?
• A situação econômica que vivemos foi causada por qual Governo? A crise internacional já acabou!
• O Brasil cresceu e cresce em media inferior à da maioria dos paises emergentes, antes e depois da crise de 2008.
3 – O discurso repetitivo, mas completamente ineficaz:
• Quantas vezes já se falou em medidas anti-corrupção, sem que nenhuma fosse tomada?
• Com que autoridade o governo fala em medidas anti-corrupção, quando:
• O partido governista é protagonista no maior escândalo de corrupção da história da civilização moderna?
• O Ministro Toffoli, com seu histórico de associação com o partido governista, foi escalado para liderar o julgamento de ações associadas ao Petrolão?
• O PT não toma providências contra os seus membros acusados de corrupção, mas busca blindá-los e protegê-los escancaradamente?
• O governo ataca o financiamento privado de campanhas políticas quando dependeu fundamentalmente deste para se eleger por quatro vezes?
A conclusão é inequívoca. Ou o governo da Presidente Dilma não entendeu aquilo que o povo nas ruas disse, de forma direta, no domingo, ou se faz de desentendido.
Em ambas as hipóteses, só nos resta explicar novamente – para que não pensem equivocadamente que a população não está atenta, que aceita respostas vagas e inconsistentes às suas demandas, ou mesmo que o povo não entende o que se passa, ou ainda, que ele é manipulável.
Continuaremos, dentro da mais perfeita ordem e constitucionalidade, manifestando nossa indignação.
Basta! É inaceitável esta situação. O povo brasileiro não merece esse desrespeito. Nós não vamos ficar parados.

Movimento Vem Pra Rua
www.VemPraRua.Net

Autor:

Um cara único no mundo, pelo menos no jeito de pensar e agir.

Deixe uma resposta