7 regras de segurança para as crianças na Internet

Ensine bem os seus filhos com essas dicas de segurança do mundo digital.

Nossa missão é educar a todos sobre os hábitos seguros e padrões sadios na internet. Nossas crianças e adolescentes estão crescendo em um mundo onde a internet é um conforto básico, em pé de igualdade com a televisão, os livros e os filmes.

Eles não veem o mundo online como uma tecnologia nova como alguns de nós; para eles, ela sempre existiu. Por isso, eles não encaram as suas interações online com a mesma cautela que nós. Tudo o que eles veem é uma tela que reage aos toques em um botão, inocentes e inconscientes dos riscos invisíveis que estão em jogo.

Isso não quer dizer que devemos assustá-los. Não queremos causar ansiedade sempre que navegarem. Os jovens de hoje usarão a internet durante toda a sua vida. E, como pais, queremos que eles percorram as rodovias cibernéticas com segurança, ensinado-os sobre os caminhos do mundo digital e que estejam preparados para se proteger.

Converse com seus filhos sobre as seguintes 7 dicas de segurança:

  1. Evite publicar informações pessoais na internet. Isso inclui o seu nome completo, endereço residencial, endereço de email e número de telefone.

  2. Descubra onde estão as configurações de privacidade de cada site que você usa e ajuste-as para as opções mais restritivas. Adquira o hábito de fazer isso.

  3. Lembre-se de que tudo o que você publica na internet fica lá para sempre. Pense duas vezes antes de enviar suas fotos e vídeos (ou da sua família e amigos) ou publicar comentários dos quais possa se arrepender mais tarde.

  4. Mantenha suas senhas em segredo, exceto para seus pais. Se alguém solicitar sua senha online, definitivamente não a forneça e avise imediatamente a seus pais.

  5. Lembre-se de que nem todo mundo é quem diz ser na internet. É fácil fingir ser outra pessoa. Por esse motivo, evite fazer amizade com estranhos online e nunca combine de encontrar alguém que você não conhece.

  6. Respeite a opinião das outras pessoas. Todos têm direito a ter suas próprias opiniões, inclusive você. Sempre sinta-se à vontade para afirmar o que você acredita, mas faça isso sem insultar. Argumentações agressivas podem sair rapidamente do controle.

  7. Se você vir ou ouvir algo na internet que o incomoda, pare de interagir com o aplicativo ou site e converse imediatamente com um adulto de confiança.

Sugerimos sempre falar sobre esses assuntos com seus filhos. Acompanhe a vida digital deles da mesma maneira que você acompanha os dias letivos e outros aspectos de suas vidas. Mostre a eles que essa é uma área que suscita sérias preocupações, mas que pode ser facilmente gerenciada com hábitos online adequados, escolhas inteligentes e um bom diálogo.

Fonte: Avast

Autor:

Um cara único no mundo, pelo menos no jeito de pensar e agir.

Comente aqui!